Publicidade

Alguns jovens estudantes que já estão no Ensino Médio se veem preocupados com a proximidade da ingressão ao mercado de trabalho e não conhecem o programa Jovem Aprendiz Senai.

Principalmente porque se inserir no mercado de trabalho não é nem um pouco fácil quando as exigências das grandes empresas não param de crescer.

Publicidade

Felizmente, a função do Jovem Aprendiz é justamente ser o amparo que esse jovem precisa.

O programa tem a função de recrutar jovens que estão em busca da primeira oportunidade de emprego.

Com ele, os jovens aprendizes recebem tudo que é preciso para crescer profissionalmente, valorizar o currículo e passar por uma experiência pessoal única.

Publicidade

Quer saber como? Basta acompanhar os tópicos abaixo sobre o Jovem Aprendiz Senai.

Jovem Aprendiz Senai: Como fazer a inscrição no programa?

Se você já confirmou que atende a todos os requisitos do Jovem Aprendiz Senai, tudo que você precisa fazer é realizar os seguintes passos para inscrição:

  1. Acesse a página oficial do SENAI
  2. No rodapé da página, encontre e selecione a opção “Banco de Talentos”
  3. Clique na opção “Conheça nossas vagas” e digite a vaga que você deseja
  4. Selecione a opção “Jovem Aprendiz” e preencha o formulário solicitado
  5. Selecione a opção “Enviar agora” para encaminhar para a instituição
  6. Se assim desejar, você também pode realizar um cadastro no site para enviar o currículo.

Para quem conhece um pouco da extensão dos serviços do Senai, se animar para fazer parte do programa Jovem Aprendiz é inevitável.

Para se preservar, os requisitos e a característica do programa foram estabelecidos alguns critérios que se adequam e respeitam a Lei de Aprendizagem.

Isso significa que, para participar, você precisa atender tais condições pois elas têm caráter eliminatório.

Fique por dentro delas para não perder a sua chance para participar você deve:

  • Ter entre as idades de 16 anos a 24 anos
  • Ser integrante de família cuja renda por pessoa seja até 2 salários mínimos
  • Ser ou ter sido aluno da rede pública de ensino
  • Ser bolsista integral caso estude ou tenha estudado na rede particular de ensino
  • Ser comprometido com a jornada de trabalho de 4 a 6 horas por dia
  • Ser aluno do Ensino Médio ou ter concluído os estudos
  • Ter noção básica de informática (em alguns casos)
  • Não ter ainda a carteira assinada.

Além da significativa bagagem profissional e pessoal, os jovens aprendizes são atraídos pela lista de benefícios que o programa do Senai oferece.

Esses benefícios são garantidos por lei, as empresas e instituições devem cumpri-la.

Isso significa que todos aqueles que fizeram a inscrição e fazem parte do programa, têm direito aos benefícios.

Mas, você deve conhecer quais são esses direitos para melhor garantir que eles serão recebidos.

Confira então a lista dos benefícios que você tem direito na condição de convocado do programa:

  • Cursos variados de capacitação profissional
  • Décimo terceiro salário
  • Carteira assinada
  • Porcentagem de FGTS
  • Contrato pela aprendizagem
  • Vale-alimentação
  • Vale-transporte
  • Férias com remuneração
  • Bolsa auxílio
  • Salário proporcional às horas trabalhadas e ao mercado de trabalho
  • Carga horária de 4h a 6h por dia (o estudo do aprendiz não deve ser comprometido).

Para muitos, o maior benefício é a possibilidade de ser efetivado pela empresa após o fim do contrato como Jovem Aprendiz.

jovem aprendiz senai

Conheça o Senai

Provavelmente você já ouviu falar do Senai alguma vez na sua vida.

Mesmo para quem não sabe o que significa, costuma relacionar a instituição à educação e às atividades técnicas.

O Senai na verdade é uma instituição referência na capacitação de alunos e oferta de cursos voltados para a educação tecnológica e profissional desse estudante.

Apesar de ser uma organização privada, ela tem fins públicos e nela existe a promoção de alguns programas que ajudam os jovens de baixa renda.

O Senai é um dos maiores complexos de educação profissional do mundo e o maior de toda a América Latina, chegando a fazer parte diretamente da vida de várias pessoas em mais de 2000 municípios brasileiros.

Apesar do tamanho impressionante, é o trabalho desenvolvido internamente que faz dele um dos mais relevantes para a educação do nosso país.

O programa de aprendizagem do Senai está em comunhão com a Lei da Aprendizagem.

O decreto de Lei nº 10.097/00 impõe que as empresas de grande e médio porte devem reservar para jovens aprendizes uma porcentagem entre 5% e 15% do seu quadro de colaboradores.

O Senai cumpre os requisitos tanto em questão de tamanho quanto em sua própria função social.

Dessa forma, o programa tem como objetivo inserir e orientar os jovens dentro do mercado profissional.

Isso é feito através dos mais de 20 cursos que o Senai disponibiliza.

Todos para que os estudantes absorvam os conteúdos necessários para atuar na área industrial, gestacional, logística, têxtil, vestuário e muito mais.

Os cursos são gratuitos e atestam o já conhecido alto padrão de qualidade da empresa, entre eles:

  • Operador de processos na indústria de alimentos
  • Ferramenteiro de corte, dobra e repuxo
  • Técnico em Administração
  • Técnico em Eletroeletrônica
  • Mecânico de Usinagem
  • Modelista de roupas
  • Costureiro
  • Logística.

Gostou de conhecer mais sobre o programa Jovem Aprendiz Senai?

Para mais conteúdos desse gênero, é só continuar a navegar no nosso site!

Publicidade