Publicidade

Preparar um currículo é a etapa básica ao concorrer a uma vaga de emprego. Então, acertar na organização de seus dados é fundamental. Portanto, a seguir vamos apresentar ótimas dicas sobre a criação de um currículo impecável. Se dar bem no processo de recrutamento e passar uma boa impressão é essencial, sobretudo quando se busca uma primeira oportunidade.

Então, existe a importância de montar um currículo perfeito, no qual aumenta de maneiras assertivas a realizar de um contato inicial. Mas, existe uma dificuldade em ordenar suas informações pessoais e profissionais. Tendo o objetivo de te ajudar na confecção de um currículo ideal, fique atento ao longo do texto.

Publicidade

 Saiba como fazer inscrição Jovem Aprendiz!

Como montar um currículo perfeito?

Primeiramente, sempre repasse informações reais, mencionar uma experiência profissional sem prova-la é um erro enorme. Sabendo se é verdade as informações em seu currículo, estruturá-lo bem é outra maneira de tornar forte sua apresentação. Não adianta encher de informações, pelo contrário, alguns dados não entram, sobretudo, os pessoais como o RG e CPF.

A ideia é o empregador ser atraído por suas qualidades, ou seja, como sua experiência pode ser aproveita na empresa. Por outro lado, um currículo muito resumido não é bem recebido. O ideal é um equilíbrio, no qual ajude a destacar suas habilidades. E nesse aspecto até a fonte usada na elaboração do documento é importante.

Sendo assim, o tamanho, tipo e cor da letra, devem ser moderados facilitando a assimilação de quem avalia. Uma sugestão é utilizar as fontes Arial ou Times New Roman (na cor preta) na digitação de seu currículo. Além disso, imprimir seu currículo num papel de formato A4 (branco) é muito mais desejável.

Publicidade

Outro ponto no qual facilite a leitura é a quantidade de páginas. Se possui muitas experiências, procure condensar tudo em até 2 laudas, no máximo 3 (se realmente for extensa sua carreira). Porém, recentemente os especialistas indicam a necessidade da utilização de palavras-chaves no texto do currículo. Ou seja, tendo de relacioná-las a vaga a ser disputada.

Essa dica é pertinente, especialmente, em formulários digitais de candidatura. Pois, desse modo o recrutador chegará mais fácil ao seu perfil. Por fim, é a clareza e sensatez na montagem do currículo perfeito, quanto mais fácil a leitura, melhor.

Quais informações importantes colocar no Currículo?

Dentro dessa proposta de objetividade, podemos listar as seguintes informações:

  • Dados pessoais – Seu nome, idade, endereço, e-mail, telefone e perfil em redes sociais, principalmente as voltadas a suas atribuições profissionais;
  • Área de atuação – Informar qual área você trabalha, sem precisar descrever o cargo;
  • Formação – Liste sua escolaridade de forma cronológica, priorizando o último curso realizado, indique apenas o nome da instituição e ano;
  • Suas habilidades – Aqui deverão constar suas competências;
  • Experiência profissional – Apresente o nome da empresa, a função ocupada e período trabalhado.

A necessidade de fotografias ou qualquer outro tipo de imagem é somente se for um critério de seleção do empregador. Mas, de maneira geral as empresas não usam esse tipo de recurso visual no recrutamento de seus novos funcionários.

Em contrapartida, é preciso ter todo cuidado com a linguagem. Erros de português, por exemplo, podem facilmente reprova-lo do processo seletivo. Portanto, dedique um tempo considerável de revisão de todo o currículo antes de imprimir ou enviar por e-mail.

A seguir iremos conferir detalhadamente quais as informações colocar em cada parte do currículo. Também é possível adquirir um modelo pronto de Curriculum Vitae e simplesmente alterar os dados de acordo com os seus.

currículo

Áreas de atuação

Nesse campo do seu currículo será informado em quais áreas trabalhou. A ideia é apresentar alguns dos serviços realizados em determinados setores, veja abaixo alguns exemplos:

  • Escrituração fiscal e emissão de notas;
  • Controle de logístico e supervisão de equipe;
  • Atendimento ao público e controle de documentos.

Não descreva o cargo, pois será difícil do empregador entender quais atividades reais você desempenhou.

Formação acadêmica

A escolaridade é de suma importância no currículo, pois, em muitas situações seu nível de estudo será critério numa seleção. Porém, é preciso evitar fazer uma redação listando todos os seus cursos. Sendo assim, a orientação básica é focar em pontos básicos:

  • Nível (técnico, superior, pós-graduação, etc.);
  • Nome da instituição e cidade;
  • Ano de início e de conclusão (ou se está em andamento).

Basicamente seria algo assim:

  • Graduação em Jornalismo – Universidade de São Paulo (São Paulo) – 2010/2013;
  • Técnico em Saneamento – Senai/BA (Lauro de Freitas) – 2016/2018.

Evite estender demais o texto, listando as disciplinas ou outras atividades curriculares.

A importância da experiência profissional

Esse sem dúvida é tópico onde pesa mais na análise de um currículo. Muitas empresas desejam contratar profissionais prontos ou familiarizados com as atribuições do cargo ofertado. O currículo perfeito precisa estar caprichado nesta parte, portanto, faça certo informando:

  • O nome da empresa;
  • Período de atuação (ou se ainda tem vínculo);
  • O segmento (Logística, Comércio, etc.);
  • Cargo ocupado, descrevendo a função (Auxiliar de logística, Gerente comercial, etc.);
  • Principais atividades desempenhadas.

Evite informar uma experiência distinta a vaga no qual pretende se candidatar. Por exemplo, se pretende trabalhar no setor comercial, mencionar seus anos na área de logística não será interessante.

Cursos de Aperfeiçoamento

Treinamentos, capacitações e intercâmbios são bem-vindos em seu currículo. Contudo, segue o mesmo padrão enxuto de título, instituição, cidade e ano. Essas qualificações ajudam a mostrar uma formação contínua na área que atua.

Lembre-se de usar somente aqueles dados em comum com a vaga disputada. Não adianta apresentar vários certificados aleatórios, pois se afastará da proposta do currículo perfeito, a objetividade.

Formato do currículo perfeito

Em suma, a estrutura do currículo deve respeitar a seguinte ordem:

  • A – Dados pessoais (cabeçalho);
  • B – Objetivo/Área de atuação (logo abaixo do cabeçalho);
  • C – Formação;
  • D – Competências/Qualificações;
  • E – Atividade Profissionais;
  • F – Cursos de aperfeiçoamento.

No preenchimento de fichas eletrônicas é comum pedir um anexo do currículo e posteriormente responder alguns questionamentos. No entanto, serão perguntas mais amplas afim de conhecer mais sobre você.

Então, não se surpreenda se forem perguntadas coisas como “O que faz no tempo livre?“, ou “Qual são suas pretensões para o futuro?“. A elaboração do currículo perfeito é um excelente meio de certamente conseguir a vaga tão almejada.

Descubra como se inscrever no CIEE Vagas!

Publicidade