Publicidade

Os alunos que desejam fazer sua negociação do FIES poderão solicitar por meio dos agentes financeiros.

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil já disponibilizam os meios para realização deste procedimento.

Publicidade

Conforme cita o site JC, mais de 136 mil adesões pele negociação das dívidas do FIES foram feitas esse ano.

Neste artigo você vai conferir o passo a passo de como solicitar a negociação do FIES.

Negociação do FIES: Como solicitar?

Para realizar a negociação do FIES, os beneficiários devem ir pessoalmente aos agentes financeiros ou por meio da internet.

Publicidade

Vale informar que desde o dia 1º de setembro os alunos podem realizar as negociações do FIES.

A negociação só está disponível para os contratos que foram firmados até o dia 31 de dezembro de 2017.

Estes contratos também precisam estar em fase de amortização até o dia 30 de dezembro de 2021.

Os alunos que possuem contrato com a CAIXA devem consultar se têm direito à renegociação e já fazer uma simulação se quiser, no site ou no app FIES CAIXA.

De 1º de setembro a 31 de dezembro, os alunos já podem gerar o boleto de forma digital.

Se for necessário a atualização cadastral, os documentos também podem ser enviados por meio da plataforma.

O pagamento do boleto gerado oficializa a adesão à renegociação, para outras informações, os alunos podem acessar o site ou ligar no 0800 726 0101.

A renegociação pelo Banco do Brasil também pode ser feita de forma digital pelo aplicativo da instituição financeira, também poderá ser realizada em qualquer agência do Banco do Brasil.

Para aderir à renegociação, o estudante deve acessar o portal e depois em “Soluções de Dívidas, Renegociação FIES”, poderá verificar as opções para liquidação ou parcelamento da dívida e os descontos disponíveis.

No portal do BB o aluno pode contratar a renegociação e gerar o boleto, seja da parcela referente a entrada ou do pagamento total da dívida.

Para mais informações, os beneficiários podem acessar o App BB ou o portal, além do WhatsApp (61) 4004-0001 e a Central de Atendimento BB (0800-729-0001).

negociação do fies

Prazos e descontos

Os contratos com as condições acima e que estavam com mais de 360 dias em atraso na data em que foi publicada a MP passaram a ter novos percentuais de desconto.

Por conseguinte, para os alunos que se enquadram nos requisitos e que sejam inscritos no CadÚnico ou que possuem beneficiários do Auxílio Emergencial 2021, os descontos podem chegar a 99% do valor consolidado da dívida, incluindo juros e multas.

Não se limita a estas faixas de desconto, pois, para quem está com atraso superior a 360 dias, porém com a data prevista para quitação total do contrato menor que 5 anos de atraso, o desconto passa a ser de 92% do valor total da dívida.

Os beneficiários devem estar inscritos no CadÚnico (Cadastro Único) ou que fizeram parte dos beneficiários do Auxílio Emergencial de 2021.

Por outro lado, vale frisar que o saldo remanescente da dívida também pode ser dividido em 15 parcelas.

Para as outras situações que também estejam com mais de 360 dias de inadimplência, podem ganhar um desconto em torno de até 77% do total.

Em ambos os casos o pagamento possui as mesmas condições de facilidade, ou seja, à vista ou parcelado em 15 prestações.

Vale informar que outra mudança promovida é a opção de quitação antecipada da dívida do FIES, para os alunos que estão adimplentes com o programa.

Para aqueles que desejarem amortizar o saldo remanescente à vista de uma só vez ainda tem direito a um desconto de 12% sobre o valor principal.

Por outro lado, não houve modificações em relação às regras para os estudantes com atraso nos pagamentos entre 90 e 360 dias.

Vale informar que nesse caso, o valor total da dívida pode ser dividido em até 150 vezes, mas com isenção de juros e multas, ou um desconto de 12% para pagamento à vista.

Não deixe de fazer sua negociação do FIES para aproveitar os descontos!

Siga acompanhando o nosso site para saber mais sobre esse tipo de recurso!

Publicidade